CASCAVEL TEMPO

Asfalto chega às estradas rurais

Áureo Schmitz é um dos 30 produtores rurais que residem na Estrada Chaparral - Linha Ipiranga - próximo trecho a ser contemplado com pavimentação asfáltica no interior do Município de Cascavel, por meio do convênio com a Itaipu Binacional.  A ordem de serviço, foi assinada no último dia 10 de janeiro, no salão comunitário do distrito, pelo prefeito em exercício, Alécio Espínola.São 3.775 metros de asfalto que fazem parte dos primeiros 30 quilômetros de asfalto no interior do Município. Esse trecho, com custo máximo inicial de R$ 1.543.595.42, será executado pelo valor de R$ 1.442.347,66 pela Construtora Prado e Prado Ltda, vencedora da licitação pelo critério menor preço, sendo R$ 382.785,00 (Itaipu Binacional) e R$ 1.059.562,66 (Município de Cascavel).Filho de seo Áureo, Gerson Schmitz também usa a estrada diariamente para o ir e vir da produção agrícola. Ele disse que produtores de leite, suínos, aves e ração estão comemorando o investimento do Município na estrada, que já recebeu um trecho também de pedra irregular. “Além de facilitar o transporte da produção, o asfalto traz conforto para os moradores no deslocamento diário. Não pensávamos que este benefício chegaria um dia, mas hoje sabemos que ele será real mesmo. Este é um trabalho ótimo que o prefeito Paranhos está fazendo aqui e em nos demais distritos. Estamos felizes e começando 2020 com o pé direito”.Marco históricoO secretário de Agricultura, Nei Haveroth, reforçou que a forma como a gestão Paranhos prioriza o interior entra para a história como um marco de valorizar o homem do campo. “O grande desejo do nosso prefeito é de que se atenda bem nosso munícipio como um todo, incluindo entre as prioridades o interior e o produtor rural, então estamos trabalhando para que isso aconteça”.Haveroth lembrou que a obra em Linha Ipiranga iniciou com projeto de calçamento, mas evoluiu para a pavimentação asfáltica. “A comunidade foi contemplada com três trechos e este foi alterado com a Itaipu Binacional para pavimentação asfáltica, como nos demais distritos. São quase 4 km que trazem um grande avanço para o Município, pois Cascavel tem ampliado de forma significativa a agricultura, a piscicultura, a pecuária de leite; tudo é produção, pelo menos três vezes ao ano, o que requer estrada diária e investimento permanente. Reconhecemos que há muito a se fazer ainda, mas já é o início de um novo tempo, pois hoje a administração já sabe que o interior é prioridade”.O presidente do Sindicato Rural de Cascavel, Paulo Orso, garantiu que “nunca a Prefeitura teve R$ 70 milhões de recursos investidos de contrapartida nesta área [são mais de R$ 44,5 milhões nos últimos dois anos, chegando à casa de R$ 70 milhões com as contrapartidas de convênios com a Itaipu Binacional]. Isso é algo que nós temos que reconhecer, pois quando é preciso criticar, criticamos, mas quando é hora de agradecer, precisamos ser justos e reconhecer o grande trabalho que vem sendo feito”.InvestimentosOs números da Secretaria de Agricultura apontam que devem ser executados 73,1 km de estradas, sendo 30,1 km de  asfalto novo e 43 km asfalto em TST, sobre os calçamentos antigos. E mais 33 km em pedra irregular ou calçamento e  180 km em adequação com  cascalhamento, totalizando investimentos de RS 27milhões nas estradas rurais.Em equipamentos  foram investidos R$ 919.000,00 em 2017,  com a aquisição de 2O17. Em 2018 R$  10.140.650,00, em 2019 R$ 4.815,460,21 e para 2020 a previsão de investimentos na zona rural é de R$ 1.500.000,00, na  aquisição de usina de britagem móvel.Malha ViáriaO Município de Cascavel possui uma malha viária de estradas rurais de 3.435,36 quilômetros e, para garantir a trafegabilidade, o direito de ir e vir e o escoamento da produção agropecuária o ano todo, precisa investir em obras de recuperação, adequação e de pavimentação, visando à melhoria da qualidade de vida de toda a população do meio rural. Isso, a partir do ano que vem, passará a ser uma política pública prevista em lei, com percentual mínimo obrigatório do orçamento, conforme afirmou o prefeito Leonaldo Paranhos .” Agora é uma decisão de governo priorizar o campo, pois o Município tem de fazer a parte dele. Por isso, no fim de 2020 vamos apresentar uma proposta de lei para fixar um percentual mínimo anual de investimento do orçamento em estrada rural. Em Cascavel, estrada rural vai se tornar uma política pública de verdade!”, reafirmou o prefeito ´. “É um diferencial que, de fato, valoriza o homem do campo e que traz economia para o Município na manutenção futura”, afirmou o secretário Nei Haveroth.

Notícias relacionadas:

Hidroponia teve seu espaço no Show Rural 2020

J Malucelli expande atuação no Paraná

Reprogramando a produtividade com a Injediesel

Itaipu e Programa Oeste em Desenvolvimento discutem parcerias no Show Rural Coopavel

Planti Center trouxe novidades para o Show Rural 2020

Sicoob tem linha de crédito exclusiva para o Show Rural 2020

Comentários Comente essa notícia

Nenhum comentário até o momento...

Deixe seu comentário